Midias Sociais 



24 de Junho de 2020

Avicultura: Vaccinar investe em atendimento personalizado

 


Empresa reforça time comercial da linha de Aves na região Sul do país e investe em um novo conceito de atendimento


 

A Vaccinar Nutrição e Saúde Animal, mesmo neste período de pandemia, vem seguindo seu planejamento estratégico focando no mercado de avicultura. Assim, além da contratação de Ricardo Issao Ito, para ser o novo gerente nacional de Aves Postura, houve também a contratação das empresas de representação comercial de Eduardo Estin, para atuar no mercado de poedeiras, e de Jalmir Moy, para atuar no mercado de frango de corte e matriz.


 

O diretor Comercial de Negócios Aves, Geraldo José Francisco, ressalta que "com o reforço do time comercial para atender o segmento, a Vaccinar fortalece sua equipe com pessoas com grande expertise e já reconhecidos por seu atendimento próximo e de qualidade. Estamos unindo a qualidade dos produtos Vaccinar à qualidade do atendimento, visando sempre melhorar a experiência dos nossos clientes".


 

Além disso, Geraldo ressalta que a Vaccinar está lançando um portfólio único e inovador de serviços, conhecido como AVE - Assistência Vaccinar Especializada - que tem o objetivo de agregar valor ao processo produtivo de seus clientes. Além da entrega de produtos de qualidade, com os serviços que compõem o AVE, o produtor entenderá os gaps existentes em seu processo produtivo, por meio de inúmeras ferramentas que estarão acessíveis a ele e, dessa forma, terá subsídios para traçar ações mais efetivas para gerar maior produtividade para sua granja. "Por atuarmos de uma forma próxima, estamos focados nas dores dos nossos clientes e atuando para agregar soluções que efetivamente gerarão melhor desempenho à sua produção" afirma Geraldo.


 

Posicionada entre as líderes de mercado e com muito orgulho de ser uma empresa 100% brasileira, a Vaccinar conta com seis unidades produtivas, sendo três localizadas em Minas Gerais, nas cidades de Bom Despacho, Martinho Campos e Nova Ponte, duas no Paraná, em Pinhais e Toledo, e a mais recente no Piauí, em Teresina. A sétima planta está sendo construída em Goianira (GO), no Centro-Oeste brasileiro. A empresa possui, ainda, três centros de distribuição no Brasil, nos estados de Minas Gerais, Paraná e Goiás, e um no Paraguai, em Ciudad del Este. Atualmente, apresenta uma capacidade produtiva instalada de 384 mil toneladas por ano.

 

 

Fonte: Vaccinar

Voltar